Contribuições    ::    Contato   



Quer anunciar na ReefCorner também? Clique aqui e saiba como!

 Fórum
 Aquarismo
 Marinho - Iniciantes
 Verdades e Mitos sobre ICTIO marinho
   Todos os usuários podem enviar NOVOS tópicos a este fórum
   Todos os usuários podem responder neste fórum
Página Seguinte
 Imprimir
Autor Tópico Anterior: Equipamentos Sunsun Atman e Boyo Tópico 165090 Tópico Seguinte: Aragonita importada x nacional
Página: de 3

Daniel Soares



São Paulo
SP - Brasil


639 Mensagens

 Publicado - 19/07/2013 :  04:02:56 AM  Mostrar perfil  Adicionar Daniel Soares a lista de contatos
Não qualificado

Ictio Marinho (Cryptocaryon irritans)

 

Um dos demônios do aquarista marinho. Muitos artigos já foram escritos sobre o assunto. Muitos são longos ou nunca completos. Hoje em dia sabe-se muito sobre esta doença em peixes marinhos, pelo $ $ $ alocado em pesquisas pelos piscicultores etc... Descoberto pela primeira vez em 1800 mais entendido em 1900 e finalmente tudo o que precisamos saber sobre este parasita nos anos 2000.

 

Não quero escrever um tópico gigante sobre Ictio, mas sim tentar compartilhar algumas verdades sobre o mesmo. O aquarista "vê alguma coisa" e depois em "suposições" sobre o que viu, começa uma rodada de outras suposições. É mais fácil ouvir uma afirmação absoluta e curta, o certo seria pesquisar buscar informaçôes, ler e compreender os resultados de décadas de estudos e experimentos.

Acaba sendo mais fácil tentar atalhos com esta doença acreditando que o parasita vai morrer de coisas que ele simplesmente não irá.

 

Se você acha que o seu peixe pode estar infectado, esta é a mensagem que você deve ler e seguir:

 

É hora de separar os boatos dos fatos e as observações subjetivas (que começam os boatos) dos estudos científicos reais. 

 

 

Vida e o que se vê:

 

1, o parasita tem várias "fases" em seu ciclo de vida. Cistos no aquário (geralmente no substrato, decoração, vidros, equipamentos ou rochas), parasitas na forma natante livre que posteriomente infecta os peixes fazendo com que  crescam nódulos brancos visível que é a fase de repodução , normalmente soltando-se do peixe formando cistos  iniciando o ciclo novamente.

 

2. Só o um super humano pode ver este parasita a olho nu, ele somente será visto quando ele estiver se reproduzindo no peixe em forma do famoso nódulo branco. (A mancha branca é do tamanho de um grão de sal ou açúcar).

 

3. Parasitas que acabram de infectar os peixes não são visíveis até o n°2.

 

4. O ciclo pode ser completado em menos de 7 dias, mas normalmente em 24 dias, mas pode chegar a até 72 dias. Geralmente demora 60 dias, comprovada em 99,9% das observações em pesquisas.

 

5.Atenção Não é a mesma doença de água doce, Ictio doce (Ichthyophthirius Multifilis), mas tem o mesmo nome. Isto leva aquaristas de água doce pensar coisas erradas sobre o ictio marinho, gerando os mitos e boatos.

 

6.Ictio marinho não é muito sensível a variações de temperatura.O aumento da temperatura não diminuirá significativamente o tempo de seu ciclo de vida, sendo verdadeiro no caso de Ictio de água doce (de onde vem o boato de elevar a temperatura).

 

7. O ictio marinho pode viver e se reproduzir em temperaturas entre 10° e 32° Assim temperaturas que matariam o íctio matariam praticamente tudo do seu áquario.

 

8. Pontos aparecem e depois desaparecem conforme o Ictio passa pelo seu ciclo. Lembre-se do n°2 Este "desaparecimento" é o que leva os aquaristas desinformados acreditam que os peixes estão curados. Esta é a pior coisa que um aquarista pode acreditar.

 

9. O Parasita gosta de infectar as guelras do peixe, o tecido é onde tem mais água passando por ele aumentando a chance do parasita infectar, esta é uma das razões pela respiração rápida (superior a 80-90 respirações por minuto).

 

10. O parasita escava a pele do peixe instalando-se abaixo da camada de muco por isso peixes limpadores / camarão não pode combatê-lo. Esta é a segunda coisa mais errada em pensar: 


Vou pegar alguns peixes limpadores ou camarão para remover / comer o parasita.

NAO ADIANTA.

 

11. O parasita é transmitido em água (etapas de natação livre e cisto) ou pela introdução de um peixe infectado inclusive os que parecem saudáveis. Isto significa que a água ou o peixe de outro aquário pode transmitir a doença.

 

12. O parasita pode infectar  vários peixes, incluindo as enguias, tubarões e raias, embora muitas espécies de peixes, como Mandarins, têm uma boa resistência ao Ictio, eles ainda podem ser infectados e podem abrigar ou transportar o parasita.

Invertebrados, moluscos, caranguejos, corais, plantas, etc, não são afetados/ infectados pelo Ictio, mas o Ictio pode estar na água, conchas, etc...

 

13. Não existe pior coisa que o estágio dormente do ítcio. O parasita não vê a hora de achar o próximo hospedeiro. Ele tem que passar pelo seu ciclo.

 

14. Descoberta interessante: Se nenhum novo foco de ictio é introduzido em um aquário já infectado, o ictio que já está lá terá ciclos por cerca de 10 a 11 meses, passando disso ele já se torna menos infeccioso. Um tanque pode se livrar nessas condições de uma infestação de ictio se nunca mais for exposto a novos parasitas por mais de 11 meses.

 

 

Tratamentos:

 

1. Hiposalinidade - Usando um refratômetro, mantenha salinidade entre 11ppt (1008) e 12ppt (1009) por até 4 semanas depois do último ponto visto. Aumente a salinidade devagar observando os peixes durante mais 4 semanas. O difícil é controlar o pH e a qualidade da água durante o tratamento mas é o tratamento menos estressante para o peixe.

 

2. Tratamento com cobre - Siga as recomendações da embalagem, se torna eficaz entre 2 a 4 semanas de tratamento. Após o tratamento (em auqário hospital), remover todo o cobre com tpas e carvão e observar os peixes por mais 4 semanas. O cobre é um veneno para os peixes e cria stress. O peixe pode parar de comer. 

 

3. Método de transferência - Peixes é movido de um tanque para outro para separar o peixe dos cistos que cairam e os estágios de natação livre do parasita. Dois tanques hospital são necessários para realizar esse tratamento. O peixe fica muito estressado por ter que ficar mudando entre estes tanques hospitalares.

 

4. Somente os 3 tratamentos acima são comprovados cientificamente resultando em cura beirando os 100%. Outros produtos químicos vão matar o parasita porém apenas em condições especiais (não sendo bom para os peixes). Outros produtos químicos iram matar somente alguns dos organismos, deixando outros escaparem da morte para continuar se multiplicando e infectando. Existe certos medicamentos (humano) de prescrição que funcionará também, mas eles não estão disponíveis para o público em geral e realmente não devem ser utilizados quando existe 3 metodos tão eficazes.

 

5. Nenhum dos tratamentos pode ser feito em Reef Deve ser feito em um tanque hospital ou tanque de quarentena. A hyposalinidade e o tratamento de cobre matariam invertebrados, rocha viva etc... Substratos e carbonatos interferem no tratamento do cobre use somente decorações artificiais.

 

6. Não existe remédio reef safe que acabam com os parasitas.

 

7. Camarões wrasser etc... não come os parasitas.

 

8. Banhos de água doce pode matar alguns dos parasitas e aliviar o peixe mas nem todos eles, pois muitos dos parasitas estão protegidos pela pele do peixe e a camada mucosa. estes banho podem matar o peixe caso esteja muito debilitado.

 

9. NUNCA combinar um tratamento de cobre com um tratamento hyposalinidade.


10.Com o aquário que ficou sem peixe para o tratamento, mantenha a rotina normal de manutenção, alimentando os corais equipe de limpeza limpando o skimmer etc.. mas não adicione nada novo nem equipe nem coral nem rochinha nova que seu amigo te arrumo, nada.

Use somente água nova com sal de qualidade não use água de outro aquário e mantenha a iluminação normal, depois de 8 semanas seu tanque estará livre do ictio marinho.

 

Defesa e Imunidade:

 

1. A mucosa pode fornecer alguma proteção contra o parasita é onde alguma imunidade do peixe se desenvolve.

 

2. Quando a temperatura da água diminui a mucosa é frequentemente reduzida ou perdida em peixes marinhos, por isso que torna-se visível os pontos no peixe após uma queda brusca de temperatura.

Isso significa, no entanto, que a doença estava presente no aquário, contaminando os peixes sem o aquarista ter tido conhecimento.

 

3. Não importa quão boa é seja sua defesa, qualquer peixe pode ser infectado, um peixe saudável ou debilitado pode ser igualmente infectado.

O que acontece é que o aquarista vê um ou mais peixes com a doença e acredita que porque não vê nos outros eles estão livres da doença. Todos os peixes em um tanque infectado necessitam de tratamento.

 

4. O peixe fraco, estressado, ou doente vai morrer antes do peixe saudável, mas não quer dizer que ele é mais ou menos suscetível de se infectar.

 

5. Um peixe que sobrevive a um ataque pode desenvolver proteínas no revestimento mucoso que ajudarão a afastar o parasita (é um tipo de resposta imunológica). Um peixe com certa imunidade normalmente não demonstra estar infectado. Infelizmente. . . (Ver 6. Abaixo). . .

 

6. Um peixe com certa imunidade não é imune, se a imunidade enfraquecer, os peixes serão atacados.

 

Observações subjetivas e Mitos:

 

1. Algumas espécies de tangs parecem ser mais suscetíveis. Verdade. Os revestimentos da mucosa deles são reduzidas em espessura e composição. Eles nadam até 25 quilômetros por dia no oceano em busca de alimento, então talvez a Mãe Natureza lhes deu isto como um meio de 'fuga'.

 

2. Ele vai embora por conta própria. Mentira. Visível apenas em um estágio. Se ele já foi visto, Está lá apenas não é visível ao aquarista. Salvo no caso de mais de 11 meses sem introduzir parasita novo.

 

3. Ele vai embora com um remédio 'reef-safe ". Mentira. O aquarista pensa que está tudo bem quando não está. O que normalmente acontece é que parte dos parasitas são mortos mas outros sobrvivem invisiveis. O parasita ainda está no aquário, possivelmente contaminando as guelras dos outros peixes, onde não pode ser visto.

 

4. Ele foi embora, quando um peixe novo é adicionado, está lá novamente. Não é totalmente verdade. Veja n°3. Ele não tinha ido embora ou o novo peixe realmente estava infectado . Um recém chegado pode ser o gatilho do stress que desencadeia a redução da imunidade, assim, permitindo que o parasita "boom" e a infecção é agora novamente visível no aquário.

 

5. O peixe viveu o primeiro surto, em seguida, morreu durante o segundo ou subsequente surto. Pode ser verdade. O peixe tinha uma resistência ou imunidade que perdeu.

 

6. Ele foi diagnosticado com Ictio, depois nunca mais apareceu.


Não foi Ictio ou o peixe rapidamente desenvolveu uma imunidade ou ainda está infectado nas guerlas.

 

7. O ictio pode aparecer com apenas um ponto no corpo de vez em quando. Verdade.

 

8. Aquarios sempre tem Ictio. Mentira. Ictio pode ser mantido fora de um aquario. Só quarentenar todos os peixes antes de introduzir no reef ou aquário.

 

9. Peixe sempre tem ictio. Mentira. Na natureza, estudos mostram que até 30% dos peixes estão infectados, mas o peixe selvagem sobrevive a infecções pequenas, pois tem como fugir, já no aquário é mais difícil.

 

10. Não tem como salvar peixes do Ictio. Mentira. Todos os peixes marinhos podem ser curados e se livrar de qualquer infecção por íctio.

 

11. Apenas alimentar os peixes bem e / ou alimentá-lo com alho e ele vai ficar bem.MENTIRA.

Nutrição, alimentos, vitaminas, etc não cura um peixe infectado. Um peixe infectado está doente e está sendo torturado pela coceira e desconforto. Ele pode sobreviver e obter resistência ou imunidade, mas enquanto você está sentado confortavelmente em sua casa, o peixe está se estressado sendo torturado por ter que lidar com um parasita. Não deixe isso acontecer com seus peixes.

 

12. Se o ictio nem sempre pode ser detectado, por que se preocupar com um processo de quarentena?

Em uma quarentena o parasita terá que completar seu ciclo tornando-se visível na sua fase reprodutória.

Em outras palavras a quarentena instiga o boom do parasita.

 

 

 13. Todos os nódulos brancos vão se soltar do peixe e passar para a fase de cisto. Falso. Foi descoberto que em ocasiões muito raras (por que não sabemos) o nódulo branco pode conter cistos se rompendo ainda sobre o peixe.

 

15. UV mata o Ictio. Parcialmente verdade, somente mata o parasita que passar através dele mas infelizmente nem todos passarão.

 

16. Só o fato de ter pontos brancos quer dizer ictio?. Falso. Provavelmente, uma das maiores causas dos boatos e mitos, pode ser mais uma de algumas dezenas de outros parasitas e condições do peixe, o diagnóstico errado é muitas vezes a causa de alegações de que o ictio foi curado daquela forma ou outra, quando na verdade nem ictio os peixes tinham.

 

17. Quarenteno meus peixes só duas semenas e vendo que está tudo ok coloco no aquário. Não precisava nem da quarentena pois como visto anteriormente o cilco demora muito mais que isso no mínimo 6 semanas.

 

Por favor, não espalhe boatos!

 


Retirado adaptado de  artigos sobre Ictio marinho,além de expriencias próprias espero ter ajudado alguns colegas.



Abs

 

Daniel

 


daniel@bol.com.br
 Offline ~  Usuário desde: 17/09/2007  ~  Última Visita: 01/05/2016 Alertar Administração 

Joaquim Junior



Ilha do Governador Rj
RJ - Brasil


219 Mensagens

  #1078684 Publicado - 19/07/2013 :  09:30:41 AM  Mostrar perfil  Adicionar Joaquim Junior a lista de contatos
Não qualificado
Valeu Daniel obrigado por compartilhar.       abs

pescapopo@gmail.com
 Offline ~  Usuário desde: 27/03/2012  ~  Última Visita: 08/05/2016 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Vladimir Alba



Vlad-Reef

Ribeirão Preto
SP - Brasil


1092 Mensagens

  #1078702 Publicado - 19/07/2013 :  12:25:35 PM  Mostrar perfil  Adicionar Vladimir Alba a lista de contatos Ver Álbum de Fotos
Não qualificado

parabéns Daniel.

esse tópico deveria ficar fixo

na área de artigos.

muito bom.

 


vlad-alba@hotmail.com

Políticos são como fraldas devem ser trocados sempre, pelos mesmos motivos!!!

MEU AQUARIO - http://http://lh3.ggpht.com/_L7jd_A_LFDo/S6-kx4eMZHI/AAAAAAAAAbw/wOfG03ePDa0/s512/CONJUNTO.jpg
 Offline ~  Usuário desde: 14/08/2007  ~  Última Visita: 21/07/2017 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Daniel Soares



São Paulo
SP - Brasil


639 Mensagens

  #1078713 Publicado - 19/07/2013 :  1:01:02 PM  Mostrar perfil  Adicionar Daniel Soares a lista de contatos
Não qualificado
Valeu Joaquim e Vladimir!

Na minha opinião se todo aquarista entendesse um pouco poderia manter melhor seus peixes.

Para deixar como tópico fixo teria que corrigir os erros de portuga e pontuação rs...

Abs

daniel@terra.com.br
 Offline ~  Usuário desde: 17/09/2007  ~  Última Visita: 01/05/2016 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Luciano Aparecido



São Paulo Vila Mariana
SP - Brasil


856 Mensagens

  #1078717 Publicado - 19/07/2013 :  1:16:18 PM  Mostrar perfil  Adicionar Luciano Aparecido a lista de contatos Ver Álbum de Fotos
Não qualificado
opa Daniel so descordo de uma coisa peixe que te uma vez ictio sempre sera sucetivel a um novo surto pode quarentenar fazer tratamento com cobre e o que for, se um dia se estresar ou entrar um novo peixe no aquario que por ventura venha a ter com certeza esse peixe tera.


www.fotolog.com/metalmorfose13
http://www.reefcorner.org/forum/aquario_luciano_metalmorfosi_tattoo-163392
 Offline ~  Usuário desde: 12/11/2008  ~  Última Visita: 17/04/2017 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Daniel Soares



São Paulo
SP - Brasil


639 Mensagens

  #1078719 Publicado - 19/07/2013 :  1:26:06 PM  Mostrar perfil  Adicionar Daniel Soares a lista de contatos
1 - 1
Luciano não entendi o que você disse pois lendo seu comentário foi  o que eu disse no tópico.




3. Ele vai embora com um remédio 'reef-safe ". Mentira. O aquarista pensa que está tudo bem quando não está. O que normalmente acontece é que parte dos parasitas são mortos mas outros sobrvivem invisiveis. O parasita ainda está no aquário, possivelmente contaminando as guelras dos outros peixes, onde não pode ser visto.

 

4. Ele foi embora, quando um peixe novo é adicionado, está lá novamente. Não é totalmente verdade. Veja n°3. Ele não tinha ido embora ou o novo peixe realmente estava infectado . Um recém chegado pode ser o gatilho do stress que desencadeia a redução da imunidade, assim, permitindo que o parasita "boom" e a infecção é agora novamente visível no aquário.




Os peixes uma vez trato não terão mais ictio se o parasita não for introduzido novamente no aquario


Para se livrar dele que o aquarista não tem paciencia vc tem que deixar 8 semanas seu aquario sem nenhum peixe e o tratamento para todos os peixes em aquario hospital. Ai não terá nunca mais surtos se quarentenar adequadamente seus animais.


daniel@globo.com
 Offline ~  Usuário desde: 17/09/2007  ~  Última Visita: 01/05/2016 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Luciano Aparecido



São Paulo Vila Mariana
SP - Brasil


856 Mensagens

  #1078722 Publicado - 19/07/2013 :  1:35:47 PM  Mostrar perfil  Adicionar Luciano Aparecido a lista de contatos Ver Álbum de Fotos
Não qualificado
isso que eu quis dizer infelizmente um peixe infectado com ictio sempre tera ictio por mais que se faça tudo recomendadose um dia por ventura cair muito a temperatura ou vcc introduzir um peixe novo mesmo nao tendo ictio,pela qestao de essse novo peixe estressar o novo ambiente havera surto de ictio nos peixe que vc ja teve,comparo(to fazendo uma analogia) ictio a herpes humana uma vez infectado sempre quando se baixa a imunidade havera surto da doença no peixe infectado acho que a forma mais eficaz de  se combater ictio é ter um aquario equilibrado e estavel(temperatura,salinidade,etc)vejo muita gente reclamando de ico quando coloca um peixe novo no aquario mais nao percebe que no seu aquario a noite a temperatura cai bruscamente,ha alteraçao de salinidade semanalmente isso stresa os animais é isso que quis colocar
Em relaçao ao tratamento assino em baixo tudo que vc postou

www.fotolog.com/metalmorfose13
http://www.reefcorner.org/forum/aquario_luciano_metalmorfosi_tattoo-163392
 Offline ~  Usuário desde: 12/11/2008  ~  Última Visita: 17/04/2017 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Antonio Kumagai



Colaborador

São Paulo
SP - Brasil


1988 Mensagens

  #1078738 Publicado - 19/07/2013 :  3:00:48 PM  Mostrar perfil  Adicionar Antonio Kumagai a lista de contatos
Não qualificado

Muito elucidativo, parabéns.

 

E a alimentação a base de alho, ajuda?

 Offline ~  Usuário desde: 30/10/2005  ~  Última Visita: 26/07/2017 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Daniel Soares



São Paulo
SP - Brasil


639 Mensagens

  #1078742 Publicado - 19/07/2013 :  3:49:04 PM  Mostrar perfil  Adicionar Daniel Soares a lista de contatos
Não qualificado
Luciano o que você disse está errado 

"infelizmente um peixe infectado com ictio sempre tera ictio por mais que se faça tudo recomendadose um dia por ventura cair muito a temperatura ou vcc introduzir um peixe novo mesmo nao tendo ictio"

Se você exterminar o ictio ele nunca mais voltará.

9. Peixe sempre tem ictio. Mentira. Na natureza, estudos mostram que até 30% dos peixes estão infectados, mas o peixe selvagem sobrevive a infecções pequenas, pois tem como fugir, já no aquário é mais difícil.

O ictio é um parasita externo ao peixe, se você mata-lo ele não existirá mais, se o peixe tiver contato com ele pode contrair, sua analogia com o herpes humana está errada.


Antonio o alho ajuda a abrir o apetite do peixe somente, pode ajudar caso o peixe não esteja comendo durante o tratamento mas o alho em si não faz nada ao parasita.

Abs

Daniel



daniel@brturbo.com.br
Editado por - Daniel Soares em 19/07/2013 3:55:11 PM
 Offline ~  Usuário desde: 17/09/2007  ~  Última Visita: 01/05/2016 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Luciano Aparecido



São Paulo Vila Mariana
SP - Brasil


856 Mensagens

  #1078746 Publicado - 19/07/2013 :  4:06:16 PM  Mostrar perfil  Adicionar Luciano Aparecido a lista de contatos Ver Álbum de Fotos
Não qualificado
posso estar errado Daniel principalmente perante a natureza mais duvido que 99% dos peixes coletados e vendidos nao tenham ictio e eu duvido que tenha algum aquarista aki no brasil que nunca teve problema com ictio ou nao vai ter e posso estar errado sim em relaçao a analogia feita com herpes mais pergunte pra todo mundo que ja colocou e teve ictio e que consegui controlar se quando teve um novo surto quais foram os peixes que voltaram a ter?nao tem jeito ictio pode tratar fazer o que for mais é uma coisa que teremos que conviver, entendam que se o peixe esta com ictio deve ser tratado pois pode morrer nao estou falando pra nao tratar, mais nao pense que desmontandoe remontando um aquario novo fazendo quarentena e etc nao aparecera ictio no aquario
Antonio alho nao cura ictio o que o alho faz e aumentar a imunidade e o apetite do peixe no meu aquario insiro 5 raçoes diferentes inclusive com alhonao como paleativo mais sim pra haver aumento na atividade dos animais

www.fotolog.com/metalmorfose13
http://www.reefcorner.org/forum/aquario_luciano_metalmorfosi_tattoo-163392
 Offline ~  Usuário desde: 12/11/2008  ~  Última Visita: 17/04/2017 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Daniel Soares



São Paulo
SP - Brasil


639 Mensagens

  #1078747 Publicado - 19/07/2013 :  4:25:58 PM  Mostrar perfil  Adicionar Daniel Soares a lista de contatos
Não qualificado
Luciano só existe 2 maneira de ter aquario livre do ictio

Quando acabamos de montar deixando ciclar por no minínimo 8 semanas caso tenha usado substrato de uma amigo ou rochas de um aquario infectado.

Se comprou tudo novo substrato rochas etc.. seu aquario inicialmente será livre de ictio

Para ele continuar livre do ictio todos os animais que forem introduzido no aquario deverão ser quarentenados por no minimo 8 semanas incluindo equipe de limpeza e corais 

A outra forma de ter um aquario já infectado livre dele é retirando todos os peixes eu disse TODOS trata-los com hipo ou cobre e deixar 8 semanas o aquario livre de peixes sem introduzir nada novo.


Se o peixe volta a ter icito aparente é pq o parasita ainda estava no aquario invisivel.

São estudo cientificos que dizem isso.

Abs



daniel@yahoo.com.br
 Offline ~  Usuário desde: 17/09/2007  ~  Última Visita: 01/05/2016 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Felipe Senna



Moderador

Rio de Janeiro
RJ - Brasil


8423 Mensagens

  #1078749 Publicado - 19/07/2013 :  4:48:02 PM  Mostrar perfil  Adicionar Felipe Senna a lista de contatos Ver Álbum de Fotos
Não qualificado
peixes que já tiveram icitio adquirem imunidade e quando pegam novamente é bem fraco.

é praticamente impossível não ter esses protozoários no aquário, o sistema tem que estar maduro e os animais saudáveis.

Esqueça. Sorria. Deixe ir.
 Offline ~  Usuário desde: 24/06/2009  ~  Última Visita: 28/07/2017 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Sergio Scarimbolo



Santos
SP - Brasil


459 Mensagens

  #1078756 Publicado - 19/07/2013 :  5:25:19 PM  Mostrar perfil  Adicionar Sergio Scarimbolo a lista de contatos
Não qualificado
Então Felipe... concordo que seja difícil não ter, porém, se form tomadas todas as medidas profiláticas e de quarentena, você não tera Ictio no teu sistema.
Abs
Sergio

Meu reef: http://www.reefcorner.org/forum/sergscar_reef-155926
 Offline ~  Usuário desde: 06/11/2012  ~  Última Visita: 07/05/2015 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Luciano Aparecido



São Paulo Vila Mariana
SP - Brasil


856 Mensagens

  #1078761 Publicado - 19/07/2013 :  5:37:27 PM  Mostrar perfil  Adicionar Luciano Aparecido a lista de contatos Ver Álbum de Fotos
Não qualificado
Como eu falei e como o Felipe citou é praticamente impossivel nao ter esses protozoarios no aquario,e que o pessoal tem que entender é que ictio ta ai e vc aquarista vai ter que conviver com isso mais cedo ou mais tarde,se seu aquario estiver equilibrado e sem variaçoes como citei acima a chances sao pequenas e se houver contagio é facil de se controlar sem perdas.
O pessoal fala em tratar com hiposalindade e cobre quem aki ja fez isso e teve sucesso ?
Conversei com um monte de gente e o que chegamos a conclusao foi que acabamos matando o peixe nao pelo ictio e sim pelo tratamento
O ictio nao é uma doença tao fatal assim, ela acaba matando peixes que ja estavam muito ruins.
E outra coisa tem muita gente que tem odinium esse sim uma doença terrivel eu ja tive num aquario e foi triste mesmo e os sintomas sao parecidos com o ictio so que o peixe com odnium nao come nada vc ve o animal definhar mesmo so quem ja teve odinium sabe o que eu estou falando e muitos acham que foi ictio.


www.fotolog.com/metalmorfose13
http://www.reefcorner.org/forum/aquario_luciano_metalmorfosi_tattoo-163392
 Offline ~  Usuário desde: 12/11/2008  ~  Última Visita: 17/04/2017 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Sergio Scarimbolo



Santos
SP - Brasil


459 Mensagens

  #1078765 Publicado - 19/07/2013 :  5:51:01 PM  Mostrar perfil  Adicionar Sergio Scarimbolo a lista de contatos
Não qualificado
Fala Luciano!

Eu já perdi Coerelus e Gramma por Ictio (introduzido por Coerelus), e só consegui salvar o resto dos peixes (já visivelmente afetados pela doença) com cobre, em aqua hospital...

Os peixes estão até hoje muito sadios e nunca mais tiveram qualquer sinal do Íctio.
Portanto, não podemos generalizar, e realmente confirmar que cada caso seja um caso.

O mais importante nos tratamentos e ter cuidado na medicação (ou no controle da salinidade), pois existe uma linha muito fina entre a cura e a morte!

Abs
Sergio

Citação:
O pessoal fala em tratar com hiposalindade e cobre quem aki ja fez isso e teve sucesso ?
Conversei com um monte de gente e o que chegamos a conclusao foi que acabamos matando o peixe nao pelo ictio e sim pelo tratamento
O ictio nao é uma doença tao fatal assim, ela acaba matando peixes que ja estavam muito ruins.
[i][right]Mensagem original de Luciano Aparecido - 19/07/2013 :  2:37:27 PM[/right][/i]

Meu reef: http://www.reefcorner.org/forum/sergscar_reef-155926
 Offline ~  Usuário desde: 06/11/2012  ~  Última Visita: 07/05/2015 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Daniel Soares



São Paulo
SP - Brasil


639 Mensagens

  #1078772 Publicado - 19/07/2013 :  6:20:42 PM  Mostrar perfil  Adicionar Daniel Soares a lista de contatos
5 - 1
Concordo com o Sergio tive sucesso e perdas com cobre recentemente.

1 bateria de peixes deixei 2 meses em hipo e não perdi um peixe se quer.

O problema que quem trata não trata direito, com hipo o ph flutua bastante alem da amonia e nirtio casa não seja feito a troca diaria da água acaba matando os peixes por isso.

O aquario hosiptal tem que ser levado como hospital não igual ao reef que vc pode dar uma olhada nos parametros uma vez por mes tem que ser todo dia e até mesmo varias vezes ao dia e corrigir ao minimo sinal de amonia ou nitrito.

daniel@gmail.com
 Offline ~  Usuário desde: 17/09/2007  ~  Última Visita: 01/05/2016 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Luciano Aparecido



São Paulo Vila Mariana
SP - Brasil


856 Mensagens

  #1078777 Publicado - 19/07/2013 :  6:34:22 PM  Mostrar perfil  Adicionar Luciano Aparecido a lista de contatos Ver Álbum de Fotos
Não qualificado
Sergio  primeiramente nao duvido que vc tenha salvado os animais,quais eram os outros animais que se recuperaram vc falou de dois peixes que sao quase 100% de casos de ictio podem procurar na pesquisa e vera que sao esses peixes os mais comuns de comecarem o "contagio" como vc fez o tratamento com cobre qual a dosagem e tamanho do aquario hospital?
Hiposalinidade é bem controverso seu tratamento vc acaba matando o peixe e nao a doença 
recomendo a todos que leiam esse topico feito pelo Thiago Barrak aproveitando vejam as fotos de uma infestaçao de ictio e uma de odinium,que como falei parecem ser a mesma doença

www.fotolog.com/metalmorfose13
http://www.reefcorner.org/forum/aquario_luciano_metalmorfosi_tattoo-163392
 Offline ~  Usuário desde: 12/11/2008  ~  Última Visita: 17/04/2017 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Daniel Soares



São Paulo
SP - Brasil


639 Mensagens

  #1078823 Publicado - 19/07/2013 :  10:21:06 PM  Mostrar perfil  Adicionar Daniel Soares a lista de contatos
Não qualificado
Luciano a dosagem de cobre te que ser conforme o fabricante do medicamento medido rigorosamente com o teste de cobre pois como o sergio disse 'e um fio decabelo pro cobre passar de remédio ao veneno.

Quanto hipo é cientificamente comprovado que funciona contra o ictio marinho não matando o peixe por causa disso no que pode ocrrer é quem hipo o Ph varia muito ficando ácido matando o peixe marinho além dos problemas de amonia e nitrito.

daniel@bol.com.br
 Offline ~  Usuário desde: 17/09/2007  ~  Última Visita: 01/05/2016 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Paulo Augusto



paulo augusto

Ilha do Governador
RJ - Brasil


3 Mensagens

  #1078871 Publicado - 20/07/2013 :  02:32:51 AM  Mostrar perfil  Adicionar Paulo Augusto a lista de contatos
Não qualificado
muito bom saber que tem pessoas que se dedicam a ajudar as outras, ja tive essa experiência de iction passei uma barra e ja tem uns 2 meses que não adicionei nada mais agora adicionei alguns peixes e acho que estou passando por isso de novo espero que não mais obrigado muito bom sua orientação abraços paulo.
 Offline ~  Usuário desde: 15/01/2013  ~  Última Visita: 04/12/2016 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Sergio Scarimbolo



Santos
SP - Brasil


459 Mensagens

  #1078876 Publicado - 20/07/2013 :  03:58:44 AM  Mostrar perfil  Adicionar Sergio Scarimbolo a lista de contatos
Não qualificado
Olá Luciano, boa noite.

Então meu amigo, o gramma eu perdí pois é um peixe de toca, e só consegui tira-lo quando ele já estava muito mas muito mal..., os que consegui salvar foram 2 ocellaris black, 2 true perculla e 1 blênio verde, todos eles com sinais de íctio, e já estavam deixando de comer.

Conforme já dito pelo Daniel, usei um contenedor plástico (guarda treco, abaixo posto a foto), um coel TLZ12 com aquecedor de 20 watts mantendo a temperatura em 28ºC, um filtro mochila externo só para circulação de água/areação e segui as instruções do fabricante à risca, utilizando uma seringa para medir os ML de cobre que coloquei inicialmente bem como ao repor á água de TPA diária. O maior trabalho são as TPAs diárias, pois os nitratos sobem rápido no hospital.

Deixei meu display sem peixe algum por 20 dias. Já os peixes tratei pr 15 dias com cobre e, após retirar o cobre, liguei meu UV DIY de 8watts no hospital por 4 horas diárias (para não esquentar muito a água) por mais 5 dias, sempre verificando a condição dos animais em forma regular.

É trabalhoso, sem dúvidas... mas vale a pena, pois é a única forma de erradicar o protozoario do sistema.

Além da dosagem exata, é muito importante manter uma temperatura constante no hospital.

Abraço!




Meu reef: http://www.reefcorner.org/forum/sergscar_reef-155926
 Offline ~  Usuário desde: 06/11/2012  ~  Última Visita: 07/05/2015 Alertar Administração  Ir ao inicio da página

Felipe Senna



Moderador

Rio de Janeiro
RJ - Brasil


8423 Mensagens

  #1078878 Publicado - 20/07/2013 :  04:54:01 AM  Mostrar perfil  Adicionar Felipe Senna a lista de contatos Ver Álbum de Fotos
Não qualificado
a questão é que o protozoário entra no aquário em corais, equipe de limpeza, rochas viva, etc.

como todo aquário sempre tem essa movimentação na minha opinião é impossível não ter ictio.

não existe método que o evite, nem UV funciona contra os protozoários.

cada um tem seu método, eu quando monto um aquário, primeiro entro com corais que produzem substâncias antibióticas naturais favoráveis aos peixes, deixo o sistema estabilizar e impreterivelmente dou banhos de água doce nos peixes o que minimiza bastante a atividade do protozoário.



Esqueça. Sorria. Deixe ir.
 Offline ~  Usuário desde: 24/06/2009  ~  Última Visita: 28/07/2017 Alertar Administração  Ir ao inicio da página
Página: de 3 Tópico Anterior: Equipamentos Sunsun Atman e Boyo Tópico 165090 Tópico Seguinte: Aragonita importada x nacional  
 Imprimir
Página Seguinte
Ir a:
  Esta página foi gerada em 0,9 segundos.